terça-feira, 30 de setembro de 2008

Manutenção

Tivemos um problema técnico com o Homem Nerd, mas ele deve estar de volta até, no máximo, quinta-feira.

A promoção do GHQ, que se encerraria hoje será prorrogada quando o site estiver no ar para aqueles que não tiveram chance de dar sua resposta na última hora ganhem mais uma oportunidade.

Aguardem que o site voltará ainda mais completo.

Enquanto isso, leiam um interessante artigo que cita o nosso HN no link abaixo:
http://www.fazendogenero8.ufsc.br/sts/ST24/Natania_Aparecida_da_Silva_Nogueira_24.pdf

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Filhos de Nerds

A essa altura, você já deve ter lido a última edição da nossa coluna Pai Nerd, Não basta participar, tem que ser nerd .

Agora, quem quiser ver como é ser um filho de um nerd, confira as divertidas fotos que o blog Mentes Modernas levantou clicando aqui.

sábado, 20 de setembro de 2008

Já vimos: Segurando as Pontas

A chamada "galera Apatow" dessa vez se aventura em uma comédia com fortes influências dos filmes de ação da década de 80. Portanto, as risadas serão mais fortes durante as hilárias cenas de lutas. Como é de se esperar, atores de outros filmes da mesma gang (como Superbad) fazem participações.
Dessa vez os nerds não terão que esperar tanto para ler a resenha completa. Apesar do filme só estrear no Brasil em novembro, nosso texto entra no ar já na semana que vem, já que Segurando as Pontas fará parte do Festival do Rio. Sorte dos cariocas.

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Participação especial

Na edição nº 18 da Pixel Magazine, que chega às bancas ainda em setembro, os leitores poderão ler uma matéria minha sobre as mulhers e a política na ótima série Y The Last Man. Confiram, depois comentem o que acharam!

Participação especial

Na edição nº 18 da Pixel Magazine, que chega às bancas ainda em setembro, os leitores poderão ler uma matéria minha sobre as mulhers e a política na ótima série Y The Last Man. Confiram, depois comentem o que acharam!

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Ensaio sobre a Cegueira: livro e filme



Cuidado, o texto abaixo pode conter SPOILERS!

Como prometido, falarei aqui sobre a adaptação do livro Ensaio sobre a Cegueira em longa-metragem. Antes de mais nada, aproveitem as resenhas: livro (por mim) e filme (pelo Edu).

Bom... o que dizer além de que o filme é maravilhoso? Claro que não é nada bucólico-feliz. Óbvio. O livro e conseqüentemente o filme tratam da deterioração do ser humano, da perda da humanidade.

É engraçado ver como os leitores (seja de texto visual ou verbal) sentem falta de nomes. Uma das grandes dificuldades para algumas pessoas é se relacionar com personagens sem nomes ou passados. Problema inclusive para atores renomados como Sean Penn, que Fernando Meirelles convidou para atuar como o médico, mas não aceitou por esse motivo. Opinião minha: ainda bem! Sou muito mais o Mark Ruffalo.

A falta de nome e passado, na realidade, mostra o quão volátil é essa vida e sociedade que conhecemos. O que importa no filme não é o que aconteceu antes da epidemia, mas, sim, durante ela. Os fatos ocorridos dentro do manicômio são o que importa. Até os personagens sabem disso.

Uma das coisas que mais gostei no filme foram as surpresas. Em primeiro lugar, achei que o filme seria uma grande transposição do livro. Ledo engano. Sem machucar a história do grande Saramago, Meirelles a recontou. Os jogos de imagens (espelhos, reflexos em vidros, luzes a mais, luzes a menos) ficaram ótimos, e criaram o clima de suspense ideal para o que estava por vir.

Achei que todos os cortes na história foram os melhores possíveis. Inclusive em questões como não abordar a falta de água no manicômio, que para o filme teria pouca serventia. E a edição, muito bem executada, revelava as cenas sem exatamente mostrá-las. A cena de estupro, assim, foi chocante, mas ao mesmo tempo assegurou a permanência dos olhos abertos. Algo que muitos podem aprender com esse filme: a violência, por si só, já é chocante o suficiente; não é preciso mostrá-la. Claro que falo isso do estupro por ser mulher e porque esse assunto é muito delicado para nós. Mas a cena foi perfeitamente dirigida, isso é inegável.

Além disso, uma cena que pouco dei atenção no livro e que no filme me emocionou profundamente foi quando as mulheres voltam da ala 3 carregando o corpo morto de uma das companheiras. Muito, muito emocionante.

Por fim, a cena do banho das três mulheres diz todo o resto... e resume muito bem tudo aquilo que o livro, e filme, queriam e conseguiram transmitir.

Uma coisa beeeem bacana é um blog em que Fernando Meirelles (acho que sozinho) escreveu sobre a produção do filme, durante a produção do filme. Vale a pena conferir (só clicar aqui).

Espero que vocês, leitores do Homem Nerd, apreciem tanto essas duas obras como eu apreciei.

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Promoção Homem Nerd e GHQ


Essa semana entrou no ar nossa novíssima promoção em parceria com a loja de quadrinhos GHQ. Para concorrer, é preciso mandar a resposta para a pergunta:
"Se você fosse o Major Grubert, a bordo da Ciguri, que táticas usaria para melhor governar a Garagem Hermética?".

Participe clicando aqui.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Ensaiando a cegueira

[ansiedade!] Gente, eu tou no GRAU pra ver esse filme! Nossasenhora!

Infelizmente eu não pude assistir à sessão para a imprensa.
Mas os nerds poderão acompanhar o blog, onde eu colocarei minhas impressões e falarei da adaptação feita. [/ansiedade!]

Quem ainda não leu a resenha que escrevi do livro, clique aqui e leia! =)

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Já vimos: As Duas Faces da Lei


Dois grandes atores voltam a contracenar em As Duas Faces da Lei: Al Pacino e Robert de Niro. Além deles, outros fatores levarão os fãs de filmes policiais (né, Bia?) para as salas de cinema. A história é bem interessante, narrada a partir do final, e os momentos de humor são bem encaixados no roteiro.
A resenha completa estará no Homem Nerd na semana da estréia, que está marcada para 10 de outubro.

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Como Star Wars mudou o mundo

Para quem gosta de infográficos, linha do tempo, descobrir influências e muitos etc., este infográfico (basta clicar em "how Star Wars changed the world") é uma maravilha.

Não dá pra copiar aqui porque ele é dinâmico, mas vejam, vale a pena.

Começa com George Lucas, claro, e, seguinte, tem Steve Jobs, Procurando Nemo, Titanic, Jurassic Park, Harry Potter e a Pedra Filosofal, Forrest Gump, Homem-Aranha 2, Clube da Luta, Alien, The Muppet Movie, Apocalipse Now... haja poder, hein?

terça-feira, 2 de setembro de 2008

O que estamos lendo





No momento, acabo de ler o livro O Portal do Corvo, do autor Anthony Horowitz. Trata-se da primeira parte de uma série, O Poder dos Cinco, que a editora Record está publicando no Brasil. E é muito legal. Aguardem resenha para breve.

Ontem li também a Pixel Magazine 17 e a a Fábulas Pixel 2. As duas revistas estão simplesmente sensacionais. São dois mixes que simplesmente não tem tramas ruins.

Todas as leituras são altamente recomendadas aos leitores nerds.